Jonathan Franzen sobre escrever personagens maus: “Me interesso mais em personagens ambíguos”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo